animação

Selecionados para Curso de Elaboração de Projetos Culturais

 

Abaixo a relação de selecionados para o curso “ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS“, ministrado por Daniele Sampaio, no SESC Campinas. A oficina será realizada nos dias 23 e 24/03 (sábado e domingo) das 10h às 17h. Para confirmar a inscrição no curso, os selecionados devem enviar um e-mail até 18/03, reafirmando seu interesse,  para <contato@danielesampaio.com>. 

 

Nesta mensagem, é importante que o selecionado informe o nome que deverá constar no certificado do curso.

 

Lista de selecionados:
1-    Andrea Desiderio  
2-    Bruno Lelis
3-    Carol Vidotti
4-    Cassandra Ormachea
5-    Déborah Ascenção
6-    Diogo Angeli Theotonio
7-    Elaine Vilela
8-    Emilene Gutierrez
9-    Gabriel Coelho
10- Gláucia Costa Neves
11- Joice Portes
12- Júlica Scherer Sadi
13- Luciana Taynã P. Paschoini S. de Faria
14- Luiz Filipe Peña Gomes
15- Luiza Moreira Salles
16- Marana Delboni
17- Regina Fabiana Pantarotto
18- Stella Zagatto Paterniani

 

Caso alguma vaga não seja confirmada até o dia 18/03, serão convocados nomes da lista de espera, em 19/03. Abaixo, os primeiros 5 pré-selecionados na lista de espera.

 

Lista de pré-selecionados:
1-    Raquel Bedê
2-    Mariana Schiezaro
3-    Edson Buscarate
4-    Humberto Tozze
5-    Thayse Lucas Guedes De Souza

 

21 – Teatro e pedagogia

 

Estamos na cidade de Garça, no interior de São Paulo. Aqui, realizamos duas apresentações de “Agora e na Hora de Nossa Hora”, inseridas no projeto “Agora e na Hora de Nossa Hora_18!”.  Assim, se registram os 18 anos da Chacina da Candelária em 18 sessões do espetáculo, exposição, bate-papo, workshop e 18 postagens neste blog. O projeto é financiado pelo PROAC 2011 – Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.     

 

Apresentar na cidade de Garça era um desejo cultivado desde 2009, quando inciamos contatos com a Secretaria de Cultura deste município que, naquele ano, levou um ônibus de garcenses ao Filo – Festival Internacional de Tetro de Londrina para assistir a “Eldorado”. Muitas foram as tentativas até a nossa chegada aqui.

 

Aproveitando esta pequena-grande vitória, a Secretaria de Cultura de Garça programou atividades paralelas não previstas no projeto PROAC: a realização das oficinas “Elaboração de Projetos Culturais”, ministrada pela produtora Daniele Sampaio, no dia 08 de março, e “Dramaturgia do Corpo”, ministrada por mim entre 09 e 10 de março. As inscrições, gratuitas, estão encerradas.

 

Toda a minha formação em teatro foi permeada por atividades docentes. Comecei a estudar teatro formalmente, em 1998, aos dezessete anos, na Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Aos 18, nem mesmo sabendo o que é o teatro, já dava aulas desta linguagem. Assim, em muitas circunstâncias atuei como docente: para crianças e adolescentes, terceira idade, lideres do orçamento participativo de Campinas, população de rua adulta, meninos e meninas em situação de rua, adolescentes privados de liberdade na Febem, no ensino fundamental, como professor de Educação Artística da rede estadual de ensino paulista, em curso profissionalizante de teatro, em universidade pública, em curso particular do ensino superior, em cursos livres e workshops.

 

Desta maneira, sempre o meu aprendizado da linguagem esteve fortemente atrelado às minhas atividades docentes. Dando aulas, aprendi sobre teatro. Não só. Aprendi também sobre docência. Porque, não tendo domínio da linguagem que ensinava (e este domínio provavelmente eu continuo não tendo), só poderia compartilhar experiências. Assim, reduziam-se os espaços do aconselhamento para se ampliarem os espaços de jogo. O aprendizado do teatro e no teatro se dá fundamentalmente pela experiência da criação.  

 

Entendi, assim, que todo o processo criativo inclui aprendizado pedagógico: sabedoria que se absorve na caminhada. E um bom processo de teatro gera aprendizado em direções muitas e envolvendo muitas pessoas – o que obviamente não significa que o aprendizado é o mesmo para todos. Em diálogo com  a Profa. Dra. Maria Thais, da ECA/USP, aprendi a origem da palavra pedagogo: do grego paidagogos, que sintetiza duas outras palavras – paidós (criança) e agogos (condutor). Assim, pedagogo seria aquele que conduz um outro ao ensino, sabedoria. Ou seja, a pedagogia parece estar mais afeita a tornar o aprendizado possível que ensinar propriamente.          

 

Por fim, ao estudar o trabalho de grandes nomes do teatro, reconheci que grandes pesquisas de linguagem estavam frequentemente associadas às atividades pedagógicas. Assim são os trabalhos de Stanislavski, Meyerhold, Grotowski, Copeau, Lecoq etc. Isto sem falar nos brasileiros, como o notável trabalho de Antunes Filho.  Ensinar, mesmo para o pedagogo, parece, enfim, fortemente articulada à descoberta.  

 

Workshop Dramaturgia do Corpo em Garça
Realização da Secretaria de Cultura de Garça
Dias 09 de março, das 18h30 às 22h30, e 10 de março, das 9h às 13h
Escola Municipal de Cultura Artística
Rua 27 de dezembro-10   -Vila Williams 

 

Curso de Elaboração de Projetos Culturais

 

Entre 11 e 12 de fevereiro de 2012, Daniele Sampaio ministra curso sobre Elaboração de Projetos Culturais, na Cia Sarau – localizada no distrito de Barão Geraldo, em Campinas. A taxa de inscrição é de apenas R$ 40,00. O curso é uma realização do Ponto de Cultura Boa Companhia e Companhia Sarau.   

 

O curso tem como objetivo oferecer aos participantes noções gerais de produção e gestão de projetos culturais nas artes cênicas, priorizando os processos de elaboração, execução e pós-produção do edital Proac – Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo.

 

Como conteúdo programático, serão abordados a elaboração propriamente dita de um projeto, incluindo a sua concepção e delimitação de objetivos e justificativa, o seu planejamento estratégico (orçamento e cronograma). Além disto, serão debatidos a execução prática de projetos e a elaboração do seu plano de comunicação. 

 

Serão disponibilizadas 15 vagas e haverá processo seletivo. Os candidatos devem encaminhar um e-mail para, até o dia 22 de janeiro de 2012, com uma breve apresentação e justificando interesse no curso. Os selecionados serão informados por e-mail  até o dia 24 de janeiro. A inscrição no curso será confirmada através de depósito bancário de taxa única no valor de R$40,00 até o dia 31 de janeiro (veja dados para depósito abaixo).  

 

Daniele Sampaio é Bacharel em Ciências Sociais pela UNICAMP e produtora do ator Eduardo Okamoto, desde 2006. Assim, é responsável pela produção dos espetáculos “Agora e na Hora de Nossa Hora” (2004), “Eldorado” (2008) – indicado ao Prêmio Shell de Melhor Ator em 2009 -, e “Chuva Pasmada” (2010) – indicado ao Prêmio CPT 2010 na categoria de Melhor Elenco.

 

Com estes trabalhos percorreu importantes festivais nacionais (FILO, FIT São José do Rio Preto, Cena Contemporânea de Brasília, Riocenacontemporânea, Caxias em Cena, Floripa Teatro, etc.) e internacionais (Suíça, Espanha, Kosovo, Marrocos, Escócia).

 

Participou de cursos, palestras e seminários com importantes profissionais atuantes na área de produção cultural.

 

Desde 2009, ministra, em parceria com o produtor Pedro de Freitas, da Périplo Produções, o curso “Produção e Gestão para as Artes Cênicas”, durante a realização do “Feverestival” – Festival Internacional de Teatro de Campinas.

 

Atualmente, além dos trabalhos de Okamoto, presta consultoria em produção e gestão para grupos de teatro.

 

Outras informações sobre o trabalho de Daniele Sampaio podem ser obtidas no site de seu trabalho:. 

 

Serviço:

Curso de Elaboração de Projetos Culturais 

Quando: 11 e 12 de fevereiro de 2012

Onde: Cia. Sarau – Rua José Martins, 1899. Vila Santa Isabel. Barão Geraldo – Campinas

Carga horária: 12 horas (Sábado e domingo das 10h às 17h30 – 1h30 de intervalo)

Vagas: 15

Tx. Inscrição: R$ 40,00 (inclui emissão de certificado). Os selecionados deverão efetuar depósito no Banco do Brasil (Agência no. 1515-6 e Conta Corrente no. 41.843-9) em favor de Daniele Sampaio da Silva.  

Informações: 55 19 3289-5265

Oficina “Elaboração de Projetos Culturais” em Ribeirão Preto

 

Nesta quarta e quinta-feira, 9 e 10 de novembro, o Pontão de Cultura Sibipiruna, de Ribeirão Perto, realiza a oficina “Elaboração de Projetos Culturais”. A oficina acontece das 18h30 às 22h30,  no viagra da Classe Operária – UGT:  Rua José Bonifácio, 59. Serão 15 vagas disponíveis, sendo que as vagas para os Pontos de Cultura de Ribeirão Preto já estão reservadas.

 

Segundo Luciana Rodrigues, Coordenadora do Pontão, o curso tem como objetivo oferecer aos participantes “noções gerais de produção e gestão de projetos culturais, priorizando os processos de elaboração, execução e pós-produção de projetos culturais”.

 

A oficina será ministrada por Daniele Sampaio, Bacharel em Ciências Sociais pela Unicamp, produtora do ator Eduardo Okamoto desde 2006, responsável pela  produção dos espetáculos “Agora e na Hora de Nossa Hora” (2004), “Eldorado” (2008), indicado ao Prêmio Shell de Melhor Ator em 2009, e “Chuva Pasmada” (2010), indicado ao Prêmio CPT 2010 na categoria de Melhor Elenco. Desde 2009, ministra em parceria com o produtor Pedro de Freitas, da Périplo Produções, o curso “Produção e Gestão para as Artes Cênicas”, durante a realização do “Feverestival” – Festival Internacional de Teatro de Campinas desde 2009. Atualmente, além dos trabalhos de Okamoto, presta consultoria em produção e gestão para grupos de teatro.

 

Serviço:
Oficina “Elaboração de Projetos Culturais”
Dias: 9 e 10 de novembro
Horário: 18h30 às 22h30
Local: Memorial da Classe Operária – UGT (Rua José Bonifácio, 59, Centro)
Vagas: 15 vagas (as vagas para os pontos de cultura já estão reservadas)
Inscrições: contato@pontaosibipiruna.com.br ou             16-3610- 8679  
    

Oficina Produção e Gestão de Projetos Culturais

 

Daniele Sampaio ministra oficina sobre Produção e Gestão de Projetos Culturais em, Ribeirão Preto, como parte da 3ª MOSTRA DE TEATRO GIRA-SOLA (2011).

 

O curso tem como objetivo oferecer aos participantes noções gerais de produção e gestão de projetos culturais nas Artes Cênicas. Assim, serão enfatizados os seguintes tópicos: leis de incentivo, editais federais, estatais e privados, elaboração, execução e pós-produção de projetos culturais. Uma realização através da parceria do Ponto de Cultura Casa das Artes com o Movimento Gira-Sola.

 

A oficina acontece de 22 a 24 de setembro, das 14h às 18h, completando, assim, 12h de carga horária. As inscrições são gratuitas. A oficina acontecerá na casa das Artes: Avenida Caramuru, 1516; telefone: (16) 3441.2474.

 

Daniele Sampaio é produtora do ator Eduardo Okamoto desde 2006. É responsável pela produção dos espetáculos “Agora e na Hora de Nossa Hora” (2004), “Eldorado” (2008) – indicado ao Prêmio Shell de Melhor Ator, em 2009 – e “Chuva Pasmada” (2010) em parceria com a atriz Alice Possani do Grupo Matula Teatro – indicado ao Prêmio CPT 2010 na categoria de Melhor Elenco. Com estes trabalhos percorreu importantes festivais nacionais (FILO, FIT São José do Rio Preto, Cena Contemporânea de Brasília, riocenacontemporânea, Caxias em Cena, Floripa Teatro, etc) e internacionais (Suíça, Espanha, Kosovo, Marrocos, Escócia). Participou de cursos, palestras e seminários com importantes profissionais atuantes na área de produção cultural. Desde 2009, ministra em parceria com o produtor Pedro de Freitas, da Périplo Produções, o curso “Produção e Gestão para as Artes Cênicas”, durante a realização do “Feverestival” – Festival Internacional de Teatro de Campinas. Trabalhou com grupos Barracão Teatro, Grupo Matula Teatro, Jogando no Quintal e Cia. da Memória. Desde 2009, presta consultoria em produção e gestão para grupos de teatro.

 

O Gira-Sola é um projeto do Grupo Teatral Engasga Gato e do Grupo Zibaldoni, ambos de Ribeirão Preto. O objetivo é difundir trabalhos teatrais de todo o país que estejam fora do circuito da grande indústria cultural e valorizar propostas cênicas inovadoras que direcionam seu fazer teatral a novos olhares e seus pés a um terreno de risco.

Curso “Produção e Gestão para as Artes Cênicas”


Estão abertas as inscrições para o curso “Produção e Gestão para as Artes Cênicas” com Daniele Sampaio e Pedro de Freitas. Inscrições até 15 de fevereiro. Abaixo, mais informações:

CURSO “PRODUÇÃO E GESTÃO PARA AS ARTES CÊNICAS” – de 21 a 25 de fevereiro de 2011


Sinopse: A produção cultural viabiliza a criação da arte e mediação perante seus públicos para sua fruição. Assim, mais que inserir produtos no mercado das artes, é função do produtor cultural a elaboração de estratégias que tornem possíveis a criação e a fruição de bens simbólicos.

O curso parte desta dimensão do fazer cultural, procurando localizá-la como ação. O seu objetivo é oferecer aos participantes noções gerais para a gestão de projetos culturais nas artes cênicas: sua formatação para editais e leis de incentivos; o debate sobre a relação entre o processo de criação e a sua administração; a leitura dirigida e a discussão de textos sobre a produção cultural contemporânea  – os artifícios de gestão que viabilizam os artifícios da cena .

Assim, tanto quanto fornecer instrumental para o aluno-participante viabilizar projetos culturais, espera-se contribuir para a o seu processo de formação como agente social da cultura.


Conteúdo programático: O papel da produção / Contextualização de Cultura no Brasil / Financiamento à Cultura: Ação Privada e ação Estatal / Elaboração de Projetos (Concepção, objetivos, justificativa) / Planejamento (Orçamento; cronograma) / Estratégia de Plano de Comunicação / Captação de Recursos

Datas: 21 a 25 de fevereiro das 9h às 13h
Local: Cia Sarau – Barão Geraldo – Campinas
Carga Horária: 20h
Valor: R$ 350,00 a R$ 400,00
Vagas: 15 (Clique aqui e faça download da Ficha de Inscrição e veja as formas de pagamento)
Mais informações: cursos@periplo.com.br