animação

Pedrinha é um sobrevivente da Chacina da Candelária: escondido sobre a banca de jornal, ele assistiu ao assassinato de oito meninos de rua. Ao narrar os acontecimentos da madrugada, Pedrinha revela uma sociedade que nega a vida desses meninos até a morte!

Ainda que encene um acontecimento histórico, o espetáculo não se restringe ao documentário. A pesquisa incluiu a observação de meninos de rua em Campinas, Rio de Janeiro e São Paulo e a inspiração em “Macário”, conto de Juan Rulfo.

O espetáculo recebeu diversos prêmios, incluindo o de Melhor Interpretação Masculina, no Festival Internacional de Expressão Corporal, Teatro e Dança de Agadir (2008), no Marrocos.
O espetáculo foi apresentado no Brasil, Espanha, Suíça, Marrocos, Kosovo, Escócia e Polônia.

imagens

ficha tecnica

Criação e atuação
Eduardo Okamoto

Direção
Verônica Fabrini

Assistência de direção
Alice Possani

Pesquisa e execução musical
Paula Ferrão

Música
“Bachianas Brasileiras no 5”, Heitor Villa Lobos

Treinamento de ator
LUME Teatro

Iluminação
Marcelo Lazzaratto

Fotografia
João Roberto Simioni e Jordana Barale

Orientação
Suzi Frankl Sperber e Renato Ferracini

Produção
Daniele Sampaio

Duração
60 min

video